segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Roms de GBA no Slot 1 do Nintendo DS

Na febre por encontrar e rodar todos os jogos disponíveis para Nintendo DS, é claro que eu queria jogar, também, alguns dos ótimos jogos para Game Boy Advance, certo?

Procurei em montes de lugares e não achei uma forma de fazer isso se tornar realidade... mas achei uma explicação bastante razoável aqui.

Aí vai um misto entre tradução e interpretação do que li. Ficou um pouco repetitivo, mas foi assim que o rapaz explicou. :D

Jogos de GBA são endereçados diretamente, quer dizer, a maioria da informação é lida diretamente do cartucho, não da RAM. O slot DS não é capaz disso, então, carrega montes do jogo na memória RAM, de onde é rodado pelo DS. Por mais que os jogos de DS também sejam transferidos e destransferidos da memória, de certa forma, os jogos de GBA funcionam de forma diferente, então, não tem condição de rodar jogos de GBA diretamente do slot 1.

Você não pode, simplesmente, usar o arm7 para emular/simular o GBA porque o DS funciona de forma completamente diferente nos modos DS e GBA. Enquanto no modo GBA o DS lida com tudo, no modo DS, o DS só lida com botões, touchscreen, wifi e gerenciamento de energia (entre outras funções, claro), mas há funções que o arm7 pode usar no modo GBA que são inacessíveis no modo DS. Então... no final das contas, não tem jeito nenhum de rodar jogos GBA no modo DS.

Daí, podemos concluir que os jogos de GBA precisam ser rodados quando o DS está em modo GBA. Então a questão torna-se sobre onde você vai armazenar os dados que serão lidos pelo DS no modo GBA. Não se pode simplesmente carregar roms de GBA na RAM, no modo DS e, então, bootar modo GBA porque a memória se torna indisponível quando se boota no modo GBA. :/

Também não é possível usar a memória ram disponível para GBA porque a bios do modo GBA limpa essa memória a cada inicialização, então, não dá pra jogar os dados de uma rom em nenhuma memória on-board.

O único jeito de fazer roms de GBA funcionarem no DS sem um dispositivo de slot 2 seria um emulador, e ninguém deve estar fazendo algo do tipo, que correria o risco de ser lendo e bugado quando o DS já emula GBA de forma 100% ótima. Seria perda de tempo. [este último parágrado é desanimador.]

1 comentários:

Marcelo disse...

É triste, mas não é o fim. Pra isso existe o 3 in 1 Expansion, que funciona em conjunto com o flashcard slot 1 e vai no slot 2, com uma memória onde pode ser gravada uma rom de GBA. Só comporta um jogo por vez, mas é fácil substitui-lo, tornando-se quase tão simples quanto nas roms de NDS.